Sem categoria

Sistema de Inteligência turística do RN vence Desafio Turistech Brasil

O Governo do Rio Grande do Norte, por meio da Empresa Potiguar de Promoção Turística (Emprotur), é vencedor da premiação Desafio Turistech Brasil, desenvolvida e promovida pelo Ministério do Turismo, em colaboração com o Wakalua Innovation Hub – primeiro polo global de inovação em turismo, SEBRAE, Banco Internacional de Desenvolvimento e a Organização Mundial do Turismo (OMT). 

O Sistema de Inteligência do Turismo do Rio Grande do Norte (Sírio), desenvolvido em parceria pelo Governo do Estado, Fecomércio RN e Senac, venceu na  categoria Academia, Destinos e Empresas, desbancando outros 350 projetos inscritos de 24 estados do país. O Desafio Turistech Brasil tem como objetivo estimular a inovação do turismo no país, melhorar a competitividade do setor por meio da transformação digital, além de dar visibilidade nacional e internacional aos agentes e líderes da inovação no turismo.

Para o responsável pelo setor de Inteligência da Emprotur, Leonardo Seabra, o prêmio é um reconhecimento do trabalho de excelência realizado pelo Governo do Estado e Emprotur.  “O prêmio chega num excelente momento para reconhecimento de todo esforço e trabalho prestado pela equipe do Governo, e em especial da Emprotur, mostrando como é importante estimular ações de planejamento a partir de dados e informações. Esse reconhecimento externo é importante, mostra que estamos no caminho certo”, comemora Seabra. 

Marcelo Queiroz, Presidente da Fecomercio, entidade parceira no desenvolvimento do Sírio, avalia que o sistema é uma ferramenta essencial para que o planejamento do turismo do estado ocorra de forma cada vez mais efetiva, especialmente no processo de retomada. “Tomar decisões com base em dados é uma necessidade. Esta plataforma tem permitido ao Rio Grande do Norte a melhor adoção de metodologias, técnicas e ferramentas analíticas para criar novos projetos e elaborar ações estratégicas com maior assertividade. Sabemos o nível de qualidade do trabalho que este grupo formado pela Emprotur, Fecomércio RN e Senac está desenvolvendo”, afirmou.

O desafio Turistech também destacou com menção honrosa a Collab entre Emprotur e a Riachuelo com a campanha exclusiva Um Mergulho no Rio Grande do Norte.

Além do destaque nacional para a iniciativa, o Sirio receberá uma mentoria com especialistas em turismo do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) até março de 2022.

Sobre o Sírio
O Sírio é uma ferramenta on-line aberta ao público e foi desenvolvida com a finalidade de reunir e divulgar fontes, dados, pesquisas e o monitoramento do desempenho do setor turístico do Rio Grande do Norte, além de contribuir com o acompanhamento dos indicadores mais importantes do setor, que serão utilizados para o planejamento das metas de competitividade, sustentabilidade, tendências e estratégias comerciais mais efetivas. 

A ferramenta fornece informações analisadas pelo setor de inteligência da Emprotur e Fecomércio RN, que apresentam dados e impressões dos turistas, projeção da malha aérea e o monitoramento do fluxo de passageiros que visitaram o estado. O Rio Grande do Norte é o único estado do nordeste e o terceiro no país a utilizar o projeto de inteligência comercial. A plataforma online, que está disponível no endereço sirio.tur.br, foi desenvolvida em parceria entre a Emprotur, Fecomércio e o apoio do Senac/RN.

Janeiro de 2022 terá mais de 331 mil assentos em voos para o Rio Grande do Norte

Um maior fluxo de turistas, já percebido no Aeroporto de Natal nos últimos meses, deve se intensificar na alta estação, é o que apontam os dados do Sistema de Inteligência Turística do Rio Grande do Norte (Sírio). Para janeiro de 2022, o sistema prevê crescimento de 9% na oferta de assentos para o estado. Serão mais de 331 mil assentos disponibilizados em 62 voos diários, entre chegadas e partidas, ligando o Rio Grande do Norte a pelo menos 18 outros aeroportos de importantes mercados emissores de turistas.

Isso significa uma recuperação total neste indicador em comparação com janeiro de 2020, quando a pandemia não havia sido declarada pela Organização Mundial da Saúde (OMS). São aproximadamente 28 mil assentos a mais em voos regulares e não-regulares do que no mesmo período do ano passado. A Gol é a companhia aérea com maior participação na oferta de assentos para o Rio Grande do Norte, cerca de 36% do total. Já entre os aeroportos, a previsão é que o Aeroporto de Guarulhos corresponda a maior fatia na oferta de assentos, cerca de 16%.  
“A previsão aponta o que já estamos vendo na prática: um fluxo cada vez maior de turistas chegando ao Rio Grande do Norte. Isso é fruto de muito trabalho do governo do Estado para realizar o controle da pandemia e garantir segurança para os turistas e para os atores locais do turismo. Nossas expectativas para a alta estação são muito positivas, a previsão é de um verão que irá superar os números que tivemos antes da pandemia, mostrando uma clara recuperação do setor turístico potiguar”, analisa Ana Maria da Costa, Secretária Estadual de Turismo. 

O aumento na oferta de assentos é um reflexo do trabalho de divulgação que a Empresa Potiguar de Promoção Turística (Emprotur) vem realizando em várias regiões do país com operadores de turismo e agentes de viagens, o que já posiciona o Rio Grande do Norte como um dos principais destinos para o próximo verão. “Os números já apontam que o próximo verão será de grande procura pelo nosso destino, e isso não acontece por acaso. Esse foi um trabalho articulado com todo o trade turístico do estado, com uma intensa divulgação do destino em várias ações de promoção.  Também realizamos muitas reuniões com as companhias aéreas, o que já reflete-se no aumento de voos e assentos com destino ao nosso estado”, afirma Bruno Reis, Diretor Presidente da Emprotur. 

Para dezembro oferta de voos também cresce
O Sírio aponta crescimento na oferta de voos para São Paulo e Brasília já em dezembro deste ano. A rota que liga a capital federal ao Rio Grande do Norte deve ter um aumento de 8% na oferta de voos, já as ligações dos aeroportos de São Paulo com Natal terão aumento na oferta de 17%. Para o último mês do ano, espera-se ainda que o total de assentos disponibilizados para o estado alcance uma recuperação de 97% em comparação com dezembro de 2019.

Sírio é finalistas na premiação Desafio Turistech Brasil, de inovação no Turismo

O Governo do Rio Grande do Norte, por meio da Empresa Potiguar de Promoção Turística (Emprotur), está entre os finalistas na categoria Academia, Destinos e Empresas, na premiação Desafio Turistech Brasil, desenvolvida e promovida pelo Ministério do Turismo, em colaboração com o Wakalua Innovation Hub – primeiro polo global de inovação em turismo, SEBRAE, Banco Internacional de Desenvolvimento e a Organização Mundial do Turismo (OMT).

O projeto tem o objetivo de estimular a inovação do turismo no país, melhorar a competitividade do setor por meio da transformação digital, além de dar visibilidade nacional e internacional aos agentes e líderes da inovação no turismo. Neste ano, a ação teve 351 projetos inscritos dos 24 estados do país, e o Sistema de Inteligência do Turismo do Rio Grande do Norte – Sírio, está entre os cinco projetos finalistas da categoria Academia, Destinos e Empresas. 

O Sírio é uma ferramenta on-line aberta ao público e foi desenvolvida com a finalidade de reunir e divulgar fontes, dados, pesquisas e o monitoramento do desempenho do setor turístico do Rio Grande do Norte, além de contribuir com o acompanhamento dos indicadores mais importantes do setor, que serão utilizados para o planejamento das metas de competitividade, sustentabilidade, tendências e estratégias comerciais mais efetivas. 

A ferramenta fornece informações analisadas pelo setor de inteligência da Emprotur e Fecomércio RN, que apresentam dados e impressões dos turistas, projeção da malha aérea e o monitoramento do fluxo de passageiros que visitaram o estado. O Rio Grande do Norte é o único estado do nordeste e o terceiro no país a utilizar o projeto de inteligência comercial. A plataforma online foi desenvolvida em parceria entre a Emprotur, Fecomércio e o apoio do Senac/RN. 

“O reconhecimento dessa iniciativa, pioneira no Estado e também da região Nordeste, em meio a tantos outros projetos de impacto. Estar entre os finalistas é o endosso ao trabalho que está sendo feito, sinal do seu valor para o Turismo. Trata-se de uma vitrine, que também nos posiciona como um Estado que está ocupando esse espaço de líderes inovadores”, destacou o diretor presidente da Emprotur, Bruno Reis. 

Além do Sistema de Inteligência do RN, o desafio Turistech também destacou com menção honrosa a parceria entre Emprotur e a Riachuelo com a campanha exclusiva Um Mergulho no Rio Grande do Norte.

Lançada em setembro deste ano, a Collab foi criada com objetivo de resgatar as raízes, exaltar a fauna e flora, promover os atrativos e potencialidades turísticas do Estado, além de estimular as pessoas a conhecerem e visitarem o Rio Grande do Norte.

A coleção esteve presente em todos os estados do país e impactou mais de 16 milhões de pessoas em todo o território nacional. Todas as ilustrações da coleção tem autoria da artista plástica potiguar, Ariell Guerra.

A Collab ’’Um mergulho no RN’’ também teve como finalidade estratégica posicionar o destino no imaginário dos clientes e turistas, e consolidar a marca ‘’Visite Rio Grande do Norte’’. 

O resultado da disputa será divulgado no dia 18 de novembro, das 11h às 12h, durante a Case 2021, as iniciativas melhores ranqueadas de cada categoria receberão mentoria com especialistas em turismo do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) até março de 2022. 

A premiação é gratuita e totalmente em formato digital, para participar é necessário realizar o cadastro por meio do endereço (https://case.abstartups.com.br/), e procurar o estande do Desafio Turistech Brasil.

Otimismo com retomada do turismo internacional marca chegada de voo da TAP ao Aeroporto de Natal

Praticamente lotado, foi assim que o Airbus A 330 da companhia aérea portuguesa TAP pousou na noite desta quarta, 03,  no Aeroporto Internacional Aluízio Alves. Essa chegada encerrou um período de 19 meses sem conexões internacionais nos aeroportos do Rio Grande do Norte. O voo direto entre Lisboa e Natal terá frequência semanal de três vezes, com pousos e decolagens nas quartas, sextas e sábados e marca a retomada do turismo internacional no Rio Grande do Norte em um momento em que a vacinação contra Covid-19 avança e o número de casos diminui.

Os 161 passageiros foram recepcionados em solo, de forma calorosa, pela equipe da Emprotur que entregou brindes e água de coco para os turistas. O retorno da aérea portuguesa ao Rio Grande do Norte aconteceu a partir de muita articulação do Governo do Estado, que realizou uma série de reuniões com a direção da companhia até o anúncio do retorno, feito em setembro.  O Diretor Presidente da Emprotur, Bruno Reis, esteve no aeroporto e celebrou o retorno da ligação aérea com a Europa. “Foram meses de negociação envolvendo diretamente a governadora Fátima Bezerra com  a diretoria da TAP para a gente retomar essa rota para o Rio Grande do Norte, e a nossa expectativa [com o retorno do voo direto] é que venham bastante turistas europeus para essa próxima temporada de verão”, afirmou Reis.

A recepção também foi acompanhada por membros do trade turístico potiguar que também estão com boas expectativas para a retomada da ligação de Natal com a Europa. “Esse momento é um divisor de águas, a TAP liga Natal ao mundo. As agências de viagem estão muito otimistas com essa retomada do internacional, e com certeza a ocupação do voo vai aumentar nos próximos meses”, analisou Michelle Pereira, presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens do RN (ABAV-RN).

Otimismo com o retorno da TAP também é percebido pelo setor de hotelaria que enxerga uma maior ocupação de leitos já para a alta estação 2021/2022. “As expectativas são as melhores possíveis com a chegada desse voo internacional vindo da Europa. Agora recebemos o turista estrangeiro, esse chegando com mais dinheiro e com uma permanência maior. A nossa rede hoteleira é muito grande e precisa muito desse momento de retomada, sofremos muito por mais de um ano e esse é um momento muito esperado pelo nosso turismo, a indústria que mais gera empregos no Rio Grande do Norte”, falou Abdon Gosson, presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hoteis (ABIH-RN).

As operações no Brasil são tidas como relevantes para a TAP, que anunciou um maior incremento de rotas para o país a partir da abertura de Portugal para turistas brasileiros, realizado no início de setembro.  “É uma grande satisfação para a TAP retornar a Natal depois de um interregno causado pela pandemia. O índice de vacinação continuando como está, e a doença sob controle, podemos atrair o máximo de visitantes europeus a Natal. Neste momento é crucial que se faça investimentos para esclarecer o público europeu a vir para o Brasil. Havendo aumento de demanda, a nossa expectativa é chegar ao voo diário que é o nosso grande desafio e aquilo que almejamos realmente”, avaliou Mário Carvalho – diretor geral da companhia aérea portuguesa no Brasil.

Voo da TAP volta para aeroporto de Natal e expectativas com retomada internacional do turismo aumentam

A capital potiguar volta a receber o voo internacional com ligação direta para a Europa na noite desta quarta, 03. Esse será o primeiro desembarque do tipo no Aeroporto Internacional Aluízio Alves desde abril de 2020, mostrando claro sinal do processo de retomada da atividade turística em um momento em que a vacinação contra Covid-19 avança e o número de casos diminui. Trata-se do voo da companhia portuguesa TAP que ligará Lisboa – Natal três vezes por semana. Para marcar esse retorno, a Secretaria Estadual de Turismo (Setur/RN) e a Empresa Potiguar de Promoção Turística (Emprotur) irão realizar uma recepção calorosa aos turistas. A ação contará com a presença de membros do trade turístico potiguar e empresários locais parceiros.

O retorno da aérea portuguesa ao Rio Grande do Norte aconteceu a partir de muita articulação do Governo do Estado, que realizou uma série de reuniões com a direção da companhia até o anúncio do retorno, realizado em setembro deste ano e comemorado por todos que fazem o turismo no estado. A chegada de mais esse voo ao estado foi celebrada pela governadora Fátima Bezerra, que no último dia 26 de outubro visitou a CEO da TAP,  Christine Ourmières-Widene, e ressaltou a importância que essa rota internacional tem neste momento de  aquecimento do turismo com a chegada da alta estação. “Portugal é o nosso principal polo de atração de turistas da Europa para o Rio Grande do Norte, e esse voo direto é um símbolo claro de como o nosso estado está fazendo a sua parte na construção de uma retomada segura do turismo. Não tenho a menor dúvida que esse voo será um sucesso, e logo teremos muitos turistas de várias partes da Europa descobrindo as belezas do nosso estado”, afirmou a governadora.

As operações no Brasil são tidas como relevantes para a TAP, que anunciou um maior incremento de rotas para o país a partir do anúncio da abertura de Portugal para turistas brasileiros, realizado no início de setembro. “O Brasil é o nosso principal e mais estratégico mercado fora de Portugal”, enfatizou Christine, CEO da TAP,  que caracterizou Natal como uma rota “emblemática” para a companhia aérea.

O voo internacional entre Lisboa e Natal é mais um ponto no robusto processo de retomada da atividade turística que o estado atravessa. O incremento da malha aérea, e o aumento no fluxo de turistas nos últimos meses já tem repercussões na oferta de empregos no setor turístico. Números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) para o setor turístico do Rio Grande do Norte, entre janeiro e agosto de 2021, apontam um saldo positivo acumulado de 11 mil vagas no setor de serviços, sendo cerca de 1700 vagas só no setor de alojamento e alimentação.  Os segmentos de locação de automóveis, agências de viagens, operadores turísticos,  serviços de reservas e transporte aéreo de passageiros, que são considerados importantes indicadores da atividade turística, também apresentaram saldo positivo de vagas no CAGED durante o período citado. 

O otimismo com os bons números do setor também é percebido na fala dos  gestores do turismo. “A chegada de cada novo turista da Europa pode significar mais geração de emprego e renda para o povo potiguar. Esse retorno da TAP precisa sim ser celebrado, e em um cenário de pandemia sob controle é mais um indicativo de que teremos ainda mais crescimento na procura pelo nosso destino nos próximos meses”, analisa Ana Maria da Costa, secretária estadual de Turismo.  

ANVISA EXIGE TESTE NEGATIVO
Apesar do governo brasileiro ainda não fazer exigência de comprovação de vacinação para a entrada em território nacional, segue em vigor uma portaria da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) que estabelece regras sanitárias para passageiros que visitam o Brasil. 

Todos os viajantes devem apresentar um exame RT-PCR não detectável (negativo), realizado nas últimas 72h antes do embarque, ou exame negativo do tipo antígeno, realizado em até 24h antes do embarque. Crianças menores de 12 anos viajando acompanhadas não precisam apresentar o exame, desde que todos os acompanhantes apresentem documentos com resultado negativo ou não detectável. 

Também é obrigatório preencher a Declaração de Saúde do Viajante, na qual o viajante informa se apresenta algum sintoma suspeito da Covid-19. As medidas valem tanto para viajantes estrangeiros quanto brasileiros. A fiscalização desses documentos inicia-se com a triagem pela companhia aérea, no momento do embarque rumo ao Brasil, ainda no país de origem. 

Governo do RN monitora relicitação do Aeroporto de São Gonçalo do Amarante

O Governo do Rio Grande do Norte tem acompanhado com atenção os desdobramentos para a relicitação do Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante. A situação do terminal aéreo foi um dos temas discutidos pela governadora Fátima Bezerra em audiência com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, na quarta-feira (27).

Fátima demonstrou preocupação quanto ao cumprimento do calendário para extinção do contrato vigente e celebração de novo ajuste negocial. “O aeroporto de São Gonçalo do Amarante é fundamental para nós pelo que representa para o turismo e o desenvolvimento econômico geral do estado”, enfatizou a governadora.

Em março de 2020, a operadora Inframérica comunicou a devolução da administração do aeroporto. Mesmo alegando prejuízos, a empresa reconhece os esforços do Governo do Estado para o crescimento do fluxo de voos e consequente incremento na atividade turística.

Em junho deste ano, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) aprovou as minutas do edital e do contrato de concessão para a relicitação do aeroporto. Em devolução pela concessionária, o terminal será novamente leiloado à iniciativa privada. Para isso, a União precisa fazer um acerto de contas com a operadora Inframérica. O processo está à espera de uma definição do Tribunal de Contas da União (TCU) sobre o valor da indenização.

O governo estadual tem atuado para oferecer competitividade ao transporte aeroviário. Em junho de 2019, estabeleceu novas regras para a redução da cobrança de impostos no querosene de aviação (QAV).

Cada faixa de redução requer uma contrapartida específica, como aumentar um voo nacional ou regional para cidades do Rio Grande do Norte; manter um voo internacional regular e direto semanal; incrementar em 15% o número total de voos; aumentar os voos em 30% e em 50%.

Para ter direito à alíquota 0% a companhia aérea terá de realizar no período de 12 meses um voo internacional regular a cada semana; realizar 30 voos internacionais; e ampliar voos domésticos em 50%. Em todos os casos, a quantidade de assentos deve ser equivalente ao número de voos e não conta como incremento os voos fretados.

Ainda em 2019, a Gol aumentou de 512 para 608 voos no RN com a entrada de novas frequências regulares e sazonais para o Rio de Janeiro-RJ, São Paulo-SP, Brasília-DF e Goiânia-GO.

Com a pandemia, as empresas reduziram os voos, mas já promovem retomada das operações. A mais nova companhia aérea brasileira, a Itapemirim Transportes Aéreos, estreou em agosto de 2020 voos regulares de Natal a São Paulo.

Em julho, a Latam Airlines havia anunciado aumento de 60% de voos para Natal durante a alta temporada, com frequências diárias de quatro voos vindos de Guarulhos, um de Congonhas, duas chegadas oriundas de Brasília e dois voos do Rio de Janeiro.

Em setembro, foi a vez da Azul Linhas Aéreas anunciar incremento significativo na oferta de voos para o Rio Grande do Norte. Em janeiro de 2022 haverá 58% de assentos a mais que em janeiro de 2019 (antes da crise sanitária). Comparando os assentos de outubro de 2021 com os que estiveram disponíveis em 2019 a diferença é de 86% a mais.

Hotéis potiguares tiveram ocupação de 88% no feriadão da proclamação

Os hotéis no Rio Grande do Norte tiveram ocupação de 88% neste feriadão da Proclamação da República. A pesquisa divulgada hoje (16), foi realizada pela Associação Brasileira das Indústrias de Hotéis (ABIH-RN).

O RN recebe tanto turistas vindos de outros estados, como viajantes internos que buscam conhecer as nossas belezas. Segundo o presidente da ABIH-RN, Abdon Gosson, esse cenário só tende a melhorar devido a chegada da alta estação.

“O turista brasileiro é bem vindo ao solo potiguar, assim como os viajantes de fora do país que movimentam a economia com moedas ainda mais valorizadas e têm um gasto diário mais elevado. Os números mostram o que a gente vem enfatizando ao longo desses últimos meses, estamos nos recuperando gradualmente”, disse Abdon.

De acordo com o presidente, uma série de fatores contribuíram para essa retomada, como o avanço na vacinação e o apoio dos órgãos públicos às ações da ABIH-RN na divulgação do destino.”Estivemos agora, entre os dias 20 a 28 em cinco cidades de São Paulo: Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, Presidente Prudente, Bauru e Campinas apresentando o RN a mais de 400 agentes de viagens, dessa forma eles podem vender o Rio Grande Norte para mais pessoas”, comentou.

Em novembro a ABIH-RN vai promover cinco workshops nas cidades de Curitiba, Londrina, Maringá, Cascavel e Foz do Iguaçu no Paraná.

Fonte: Site ABIH-RN
Foto: Fernando Chiriboga

Fecomércio retoma Radar de Tarifas Aéreas que aponta aumento das passagens com destino à Natal

A Fecomércio RN retomou o Radar de Tarifas Aéreas, levantamento semanal dos preços das passagens aéreas que partem dos principais polos emissores de turistas do Brasil para Natal e para as capitais dos estados vizinhos. O material foi paralisado há mais de um ano devido a pandemia da Covid-19.  

Os dados mostram preços das passagens aéreas partindo de Brasília, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo, chegando a Natal, João Pessoa, Recife e Fortaleza, com embarque dentro de 15 dias e 30 dias.  

No estudo, feito no dia 4 de outubro, a maior variação foi a do voo partindo de Brasília, que está 55,35% mais caro do que o menor valor pesquisado, que foi o voo Brasília-Recife, no embarque dentro de 15 dias. Com esse patamar de embarque dentro de 15 dias, os voos com destino a Natal, no geral, são os que apresentam os maiores preços. 

A única projeção em que o voo que chega a Natal não é o mais caro é o Rio de Janeiro-Natal, cujo trajeto mais caro é para a cidade de João Pessoa (+43,92%). Neste caso, o voo para a capital potiguar é o segundo mais barato, porém, 31,39% mais alto do que o de menor valor (Recife).  

Nas pesquisas em que o embarque ocorre dentro de 30 dias, o panorama se modifica. Os voos vindos para Natal estão entre os de menor valor quando a partida é realizada nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro. Quando a saída é em Brasília (+46,52%) e Belo Horizonte (+60,47%) para Natal ficam na segunda colocação entre as passagens mais caras, quando comparadas a de menor valor (Recife e Fortaleza). 

“O retorno do Radar de Tarifas Aéreas vai auxiliar e muito a retomada do turismo. Podendo ajudar inclusive na composição da malha aérea do estado que possui poucos voos. É importante que o poder público tome conhecimento desses números, para avaliar estratégias de captação de voos, tendo em vista a alta temporada que se aproxima e o Rio Grande do Norte é um potencial receptor de passageiros”, analisou Marcelo Queiroz, presidente da Fecomércio RN.  

Passagens caras – De acordo com o levantamento, quando comparado os números do atual estudo com o mesmo período de 2019, é constatado que os preços das passagens aéreas estão significativamente mais caros.   

O voo Belo Horizonte-Natal, com embarque em 15 dias, em 2019, custava R$ 523,40, hoje, custa R$ 1.050,60, um aumento de 100,73%. 

Confira o Radar de Tarifas em fecomerciorn.com.br/radar-de-tarifas 

Municípios atendidos pelo DEL Turismo ficam entre os 100 destinos mais sustentáveis do mundo em ranking de fundação holandesa

Reconhecimento é fruto do trabalho desenvolvido pelo Sistema Fecomércio RN, por meio do Senac, na execução da metodologia alemã para o desenvolvimento sustentável

Tibau do Sul, São Miguel do Gostoso e Tibau, na Costa Branca, estão entre os 100 destinos do mundo que mais desenvolvem práticas sustentáveis na gestão do turismo local. O reconhecimento foi anunciando na manhã desta terça (05), durante a cerimônia on-line do Sustainable Top 100 Destinations, realizada pela fundação holandesa Green Destinations.

Organização internacional, vinculada ao GSTC (Conselho Internacional de Turismo Sustentável), a Green Destinations é formada por especialistas em turismo sustentável do mundo todo, que certifica destinos turísticos pela avaliação na forma como gerenciam e administram seu patrimônio, ambiente, clima e a qualidade de sua oferta turística.

Este é o segundo ano que São Miguel do Gostoso e Tibau do Sul aparecem na seleta lista. A premiação é inédita para Tibau, município localizado na região da Costa Branca do RN. Participantes do DEL Turismo – programa desenvolvido pelo Sistema Fecomércio RN, por meio do Senac, para elaborar e implementar um modelo de gestão focado no desenvolvimento sustentável do turismo local –  para concorrer ao prêmio, os destinos precisaram apresentar cases de sucesso locais, desenvolvidos sob consultoria das equipe técnica do programa.

O presidente da Fecomércio RN, Marcelo Queiroz, destaca a premiação como um dos frutos gerados por meio das parcerias internacionais entre o Sistema e a Alemanha. 

“Pelo segundo ano seguido o RN está em um ranking mundial sobre práticas sustentáveis, graças ao trabalho que desenvolvemos por meio de acordos internacionais, como o Projeto Verena e Rede DEL Turismo, metodologias que tem como foco trazer ao nosso estado o desenvolvimento do turismo, atividade protagonista em nosso cenário econômico. O DEL tem transformado os modelos de gestão pública e privada nas localidades onde tem sido implantado, trazendo resultados que criam novos diferenciais competitivos e colaboram para o desenvolvimento da atividade turística local e divulgação internacional do nosso estado”, afirma Queiroz.

Primeiro município da Costa Branca a implantar o DEL Turismo, Tibau do Norte assinou o convênio no início deste ano. A prefeita Lidiane Marques agradeceu a consultoria do programa, destacando-o como diferencial para a conquista. “Para nós uma grande vitória que demonstra o quanto o nosso município busca um turismo sustentável e planejado, que contou com o trabalho da secretaria de turismo o excelente apoio da empresa Del Turismo, por meio de consultoria e do relatório final que eles elaboraram”, comemorou a prefeita.”

Além dos municípios potiguares, nesta edição, outras cinco cidades brasileiras que aplicam a metodologia DEL receberam o selo Sustainable Top 100 Destinations. São eles: Canguçu, no Rio Grande do Sul e Bombinhas, Itá, Forquilhinha e Orleans, em Santa Catarina.

Saiba Mais – O Programa Rede de Desenvolvimento Econômico Local – DEL Turismo é uma metodologia inspirada no modelo alemão para gestão do desenvolvimento local. O Programa foi implantado no Rio Grande do Norte  por meio de uma parceria entre a Fecomércio RN, FASISC-SC, Federasul-RS, Ministério Federal para a Cooperação e o Desenvolvimento da Alemanha e as entidades empresariais alemães BBW e SEQUA. Com adaptações focadas no fortalecimento do turismo local, a iniciativa oferece um intercâmbio de conhecimentos entre os municípios do RN e a Alemanha, além de promover treinamentos focados no desenvolvimento de ações voltadas à sustentabilidade e governança municipal de cada destino turístico.

RN Experience vai fomentar negócios no turismo

Abertura do evento foi marcado por otimismo com a retomada do setor turístico no estado

Oferecer uma experiência única, genuinamente potiguar, para cerca de 60 operadores e agentes de turismo do Sudeste brasileiro é o que se propõe a primeira edição do Visite Rio Grande do Norte Experience. Evento realizado pelo governo do Estado, através da Setur e Emprotur, que teve abertura oficial nesta terça-feira, 21, no Centro de Convenções de Natal.

Durante os próximos dias, os convidados vão vivenciar experiências gastronômicas, visitar destinos paradisíacos e conhecer a cultura popular do Rio Grande do Norte numa viagem de pós-tur. A estrutura de todo o evento foi pensada para impulsionar a divulgação do estado neste momento de retomada da economia, ajudando a movimentar a cadeia do turismo e ampliando o relacionamento comercial entre o trade turístico local e operadores de viagens nacionais e internacionais.

A abertura do RN Experience contou com a condução do cordelista Vagner Cortez, que apresentou toda a cerimônia declamando versos típicos da literatura de cordel, exibindo parte da cultura popular do Rio Grande do Norte para os convidados. Outra apresentação que chamou atenção da plateia foi o espetáculo “Bye, Bye Natal”, um musical que conta, com muito humor, a história da capital potiguar como sede de uma base americana na 2° Guerra Mundial. Ampliando a imersão na história de Natal, os convidados acompanharam ainda o primeiro episódio da websérie “Homi, deixe de guerra!”, produzida pelo Sebrae, que apresentou imagens da época em que Natal foi considerada um “trampolim” para a vitória americana na guerra.

Na abertura, a secretária de Turismo do Rio Grande do Norte, Aninha Costa, destacou em seu discurso que o Rio Grande do Norte realiza uma gestão correta da pandemia, sempre amparada pela ciência, o que possibilita a retomada do setor turístico. Aninha afirmou ainda que o Rio Grande do Norte já está perto de recuperar toda a oferta de voos que tinha no período pré-pandemia.

“O turismo no Rio Grande do Norte já demonstra sinais claros de aquecimento, estamos em ritmo de crescimento. Inovações como o Visite Rio Grande do Norte Experience podem ajudar na retomada, dando visibilidade ao estado como um destino turístico relevante, e também apoiando a sustentabilidade econômica das comunidades que vivem da atividade turística”, afirmou a secretária.

Nos discursos de abertura, a importância do plano de retomada do setor turístico também foi lembrada por representantes do trade potiguar. Marcelo Queiroz, presidente da Fecomércio, destacou que o Rio Grande do Norte está fazendo o “dever de casa” na retomada, e que a prova disso é que o estado foi o primeiro do país a obter o Selo Destino Seguro, o que respalda destinos com segurança biossanitária.

“Estamos iniciando um período de boas notícias! Vivemos, agora, a retomada plena do nosso setor de eventos e o Rio Grande do Norte tem figurado entre os destinos mais procurados pelos viajantes no Brasil. Sabemos que este é um ciclo positivo que movimenta diversos segmentos do nosso setor produtivo, trazendo novas oportunidades de retomada de empregos e geração de renda”, afirmou Queiroz em seu discurso na abertura do RN Experience.

Avaliação positiva que também é compartilhada por Abdon Gosson, Presidente da ABIH-RN. Ele acredita que ações como o RN Experience trarão bons resultados para o turismo potiguar. “Essa foi uma excelente ideia da nossa Secretaria de Turismo e da Emprotur. Trazer para cá os melhores vendedores do nosso destino. Uma experiência excelente que poderemos continuar nos próximos anos. Com certeza essa ação trará excelentes resultados para o turismo do nosso estado”, afirmou o representante do trade.

A realização de eventos que ajudem na retomada do setor turístico também é celebrada por companhias como a ITA – Transportes Aéreos, transportadora oficial do RN Experience. “Eventos como esse são extremamente importantes. Vindo de uma pandemia como essa é necessário todo mundo participar dessa retomada. E a Itapemirim apoia todo esse processo”, afirmou Fabiano Oliveira, diretor comercial da ITA.

Os operadores que estão vivendo a experiência de conhecer o Rio Grande do Norte também destacam a importância do evento nesse momento de retomada da economia. O gerente geral de turismo nacional da Abreu, Felipe Cuadrado, acredita que vivenciar in loco um destino pode ajudar os operadores a perceber os diferenciais do lugar, ajudando a moldar os produtos que serão oferecidos aos clientes.

“Participar deste evento é uma experiência ímpar. É a concretização da retomada do turismo. É de suma importância que a gente conheça o destino. Conhecer por apresentação, ou de forma digital, não dá o mesmo sentido de viver in loco. A gente vivenciar o destino é poder aprender a vender coisas diferentes, saber os diferenciais daquele destino”, afirmou.

O Rio Grande do Norte Experience conta com importantes parceiros em sua relização como a ITA Transportes Aéreos, a Universal Assistance, seguradora oficial do evento, e os apoios institucionais da FECOMÉRCIO, SEBRAE, Natal Convention, Sindbuggy, ABAV/RN, Sindetur e ABRASEL. A execução é de responsabilidade da Associação Brasileira da Indústria Hoteleira do RN, ABIH-RN, por meio de termo de fomento com a Emprotur.

pt_BR